DAQUI

ghee

ghee é uma manteiga clarificada, que pode ser usada em qualquer prato ou refeição que se leve manteiga. é feita de uma forma que as impurezas como água, lactose e caseína do leite são totalmente retiradas. é muito usada na culinária indiana, conferindo um sabor bem peculiar aos pratos. na medicina ayurveda é usada tanto internamente (ingerida) quanto em uso externo, na forma de óleo para massagem, puro ou em ungüentos à base de plantas medicinais. Caraka Samhita, autor do principal tratado de clínica geral do Ayurveda, elogiava sua “habilidade em aumentar a memória e a essência corporal vital”.

para fazer o ghee dahorta, partimos inicialmente do creme de leite ao qual acrescentamos o Kefir. o Kefir é uma cultura de vários lactobacilos que quebram a lactose, transformando-a em ácido láctico. o aumento da acidez resultante faz com que a caseína se precipite em uma forma de “coalhada”, facilitando a separação da parte mais cremosa que flutua, sendo retirada e batida por processo mecânico até a formação da manteiga.

esta manteiga, após lavada para retirar o soro, é aquecida muito lentamente por algumas horas para se separar a água (que evapora) e a caseína e resíduos de lactose que precipitam ao fundo. estes são retirados, tomando muito cuidado com a temperatura para não queimar esta parte sólida.

o nosso ghee, como é proveniente de leite de vacas que têm na alimentação exclusivamente pasto de boa qualidade, é muito mais rico em ômega 3 e C.L.A. (em português ALC: ácido linolênico conjugado) que possuem ações comprovadas na saúde, como proteção contra cardiopatias, processos inflamatórios, câncer e obesidade.

por ser orgânica, tem a garantia de ser livre de resíduos de hormônios, antibióticos e carrapaticidas. É bom lembrar que , por serem lipo-solúveis, estes “agrotóxicos” contaminam a gordura do leite

a foto é do início da fase de solidificação do ghee.

no come-se tem mais informações.